“Ouro Preto; (RO) homem que matou mulher em Ji-Paraná a tijoladas e pauladas é preso pela Polícia Militar

0 1.022

A Polícia Militar de Ouro Preto do Oeste confirmou a prisão de Edilson Rodrigues da Costa, autor do bárbaro crime de feminicídio praticado na última terça-feira na cidade de Ji-Paraná, contra a sua companheira, a técnica em enfermagem Celma Gomes Somenzari, 33 anos, que foi brutalmente assassinada na frente do filho de apenas 4 anos.

A criança completou aniversário no dia da barbárie praticada por Edilson contra Celma. A última postagem dela foi exatamente uma foto com o filho recebendo um bolo, lanchinhos e um refrigerante.

O crime de feminicídio ocorreu no início da tarde de terça-feira em uma residência à rua dos Colegiais, no Bairro Parque São Pedro. Celma correu do seu companheiro, mas foi alcançada e morta a golpes de pauladas e tijoladas.

Edilson disse aos policiais que em Ouro Preto do Oeste que estava escondido em um matagal próximo ao bairro Novo Horizonte – Cohab.

Celma teve tempo de comemorar o aniversário com o filho; Edilson quando apareceu decidiu matá-la de maneira brutal e na frente da criança

Ousado, ou desnorteado, o criminoso estava perambulando por Ouro Preto do Oeste e parou justamente em frente ao Quartel da 3ª Companhia de Policiamento Ostensivo – 3ª CiaPO/OPO-2º BPM, adentrou nas instalações para pedir ajuda, pois sua motocicleta estava quase sem combustível.

Os policiais militares da guarnição da PM de serviço comandada pelo Sargento PM Isac – CB PM Campos e CB PM Gueiras -, estavam no quartel realizando a refeição, logo em que Edilson Rodrigues da Costa entrou no quartel o reconheceram e lhe deram voz de prisão.

O foragido confessou a equipe policial que no dia do ocorrido, ele teria tido um desentendimento com sua esposa por motivo fútil e no momento de fúria teria desferido pauladas na referida vítima. Ele disse aos Pms que após o ato saiu em fuga sentido ao município de buritis, onde segundo afirmou, seus pais moram naquela localidade.

Edilson também relatou aos policiais militares que após cometer o crime saiu de Ji-Paraná e veio sentido Ouro Preto do Oeste, e que em sua fuga o mesmo utilizou caminhos que possibilitaria ele lograr êxito sem ser capturado.

O autor do feminicídio também afirmou aos Pms que saiu do município de Ji-Paraná em sua motocicleta Yamaha YBR125, de cor preta, placa NCU-5867, usando o trajeto pelo bairro Colina Park que dá acesso ao lixão, desviando dessa forma o posto da Polícia Rodoviária Federal.

O foragido foi entregue na Delegacia Civil juntamente com o veículo, celular e seus documentos pessoais.

Loading...